domingo, 25 de outubro de 2009

Vamo pro banheiro?

Pitty, Trapézio

Banda que é unida, usa até o banheiro junto, não é Pitty? Trapézio tá ai para provar que não existe pudores entre os quatro músicos que utilizam simultaneamente o mesmo banheiro negro. Em plano sequência, Duda, Martin, Joe e a roqueira Pitty são dirigidos mais uma vez por Ricardo Spencer numa ousada produção que abusa da simplicidade e da banalidade do dia-a-dia. O clipe não tem nenhum propósito em ser uma mega produção, como os demais clipes da cantora, e coloca a pergunta em questão: por que não? A ousadia de Trapézio já pode ser conferida no mais recente DVD de Pitty, o Chiaroscope que é repleto de experimentações guiadas também por Spencer mas, que registram o processo criativo do disco Chiaroscuro. É claro que a banda e o diretor já esperam uma grande repercussão em torno da idéia, principalmente pelo Duda peladão em cena, mas ainda não há informações se o clipe será a versão final do novo single nas emissoras especializadas. De qualquer forma, fica de agrado para quem gosta de uma bom tititi.

nota6

11 comentários:

gabi.terra disse...

Acho q eu vou até esperar alguém comentar primeiro pra tecer minha opinião...

gabi.terra disse...

Se bem q... Pra q né? Nem terminei d ver o clipe e acho q nem precisa! Maior LIXO q eu já vi! Pra q isso, minha gente? Totalmente desnecessário esse cara pelado! Entediante até a morte este clipe! É tipo um bocejo bocejando d tanto tédio!
Posso até ser suspeita pra falar pq tenho a maior preguiça do mundo da Pitty! Mania d querer aparecer do c#@*¬$!
Por dxar meu lado racional d fora deste comentário, peço desculpa! hahaha..

Jader Maia disse...

Gabi! kkkk
Não deixou passar seu desafeto pela Pitty separado do vídeo, né? kkkk

Mas enfim, cada um tem lá sua opinião. Mas ainda acho que eles estão ousando a partir do momento que eles propõe uma quebra de padrões de roteiro e estéticos para um clipe né? Eles querem mais um "Por que não?", como disse no post.

Pablo disse...

Ousar não quer dizer ser bom...

Jader Maia disse...

Se fosse excelente, receberia 10!
=)

Raffo disse...

Alguem consegue prestar atençao em outra coisa no clip a nao ser no cara tomando banho???

My Funhouse disse...

o que me irrita nessa menina ridícula é que uma vez em uma entrevista ela disse que tinha nojo dessas cantoras que fazem de tudo pra se mostrarem na mídia, e egora ela se transformou em uma delas.
Só que na minha opinião, ao contrário da katy perry, lily allen e amy winehouse, a pitty não tem personalidade, hoje ela é só uma cópia brasileira mal feita de uma cantora americana que só quer chamar atenção.
nunca gostei muito dela, embora goste de algumas músicas, agora então eu tenho é nojo dela.

e o pinto do cara é pequeno, ou foi só eu q reparei. kkkkk

Diogo Rafael Lemos disse...

Eu sempre gostei da Pitty. Mas esse clipe é um lixo. Se você quer ousar, você deve saber como. E concordo, Pitty sempre falou mal dos modos de alguns artistas e faz o mesmo que eles, só que de forma velada. O clipe é cansativo demais e nem o cara tomando banho dá pra tirar o tédio. Eu fiquei ouvindo a música e mexendo em outras abas. E, concordo Jader, acho que a idéia dela foi um "Por que não?", o problema é que em mim ficou como "Por que não fazer as megaproduções que você adora e nós também?"

Jader Maia disse...

Bacana, cada um com a sua opinião. Obrigado pela visita Raffo, My Funhouse e Diogo Rafael!

Agora, vocês já pararam pra pensar que essa discussão é a reação esperada por quem idealizou a idéia?

Diogo Rafael Lemos disse...

Jader, na verdade já.
Mas é que eu vejo o seguinte. Pitty tenta sempre NÃO ser comercial. E quando você tenta ao máximo não ser comercial, você vira comercial por isso. Por isso que eu não valorizo algumas atitudes dela, como esse vídeo de tentativa desesperada de chamar atenção e mostrar que é diferente. Isso soa mais como falta de personalidade do que presença de muita.

Jader Maia disse...

É Diogo, acho que principalmente no inicio da carreira, a Pitty tinha essa crise de underground. Mas, não sei, acho que ela já se amadureceu quanto a isso. Tenho lá minhas dúvidas.

Postar um comentário