segunda-feira, 20 de julho de 2009

Pitty, Me Adora


Depois de anos de recesso por material inédito, a roqueira Pitty reaparece frente as câmeras de Ricardo Spencer para perfomar seu novo single, Me Adora, em meio a uma festinha modernosa. A primeira canção do disco Chiaroscuro tem melodia bem mais complexa do que as demais músicas da baiana no entanto, o clipe é o mais simples oriundo da parceria Pitty-Spencer. Mesmo assim, é o vídeo com o visual mais rico através de fotografia bem estudada em cima de luzes, figurino de atores e locação com preto e branco em alusão ao título do álbum. As derivações de câmera e os closes são sensacionais e os takes escuros com a banda têm um recurso de edição contínua muito bem idealizado. As luzes azuladas e negras dão uma quebrada na narrativa e compensam a falta de mais uma locação. Pitty nunca esteve tão bonita e nem parece aquela jovem aos trapos de início de carreira. Só para citar outros feitos, Spencer também é responsável por Memórias e Dejá-Vù, ambos sucessos comerciais da Pitty. A moça vai papar, novamente, meio VMB. Isso é que dá unir qualidade a estratégias de lançamento. Boa, Deck Disc.



11 comentários:

drano disse...

Ela tá bonita mesmo, nossa! As cores do clipe tão ótimas. Eles podiam ter investido um pouquinho mais num enredo mas it's just me, adoro clipe com historinha uahauahuaha

Beca disse...

Continuo não gostando da Pitty e da música dela, mas devo admitir que o clipe ficou bem legal.
Eu ADORO esse tipo de iluminação no começo do clipe. Na minha humilde opinião, deveria ter encerrado da mesma maneira, pena que apagou de uma vez.

eu disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Leandro disse...

Acho q naum ouvia uma musica boa dela desde o primeiro CD. Achava ela bem mais gata naquela época. O clipe, bem, pra quem naum entende nada de clipe e nem liga muito pra coisa (me!), é bem chato. Vi uma vez e não dá vontade de ver de novo.

drano disse...

Não paro de assistir a esse clipe desde ontem e to impressionadíssimo com a body language da Pitty. De duas uma, ou ela foi ensaiada por alguém ou soube aproveitar demais o corpo nas cenas.

Ah, e parabéns ao pixelóide que agora é .com.br!

conrado almada disse...

bela foto e montagem!

Anna Cristina Almeida disse...

Passando para tietar a Pitty (adolescência detected) e pra parabenizar pelo .com.br

O Pix é vida! Beijos.

Jader Maia disse...

Pixelóide agora é .com.br, não tem mais jeito.

Mas enfim, valeu pessoal pelos comentários e visitas.

André disse...

Curto a Pitty, mas quem ela é hoje em dia? E o que é esse clipe? A mulher está indentica a novas cantoras de mpb moderninhas, pagando de sexy e sensual. (Nada contra cantoras de mpb, que aliás adoro)

Sinceramente o clip não me seduziu e ainda mais aliado a musica, que conseguiu a proeza de rimar alguma coisa com "foda", é demais para a minha capacidade de aceitar novas coisas...

laurac.braga disse...

A pitty tá bonita nesse clipe? Oi?
E esse clipe é legal? E, gente, na boa, que musica é essa q tem "foda" no refrão?
Pra mim com essa cara maquiada e esse cabelo, ela traiu o movimento, véio!
kkkkkkkkkkkk

Jader Maia disse...

Ah, Laura, perto do que ela foi um dia, ela tá uma gatinha, vamos admitir ;)

Mas confesso que o "foda" dá realmente uma empobrecida na letra, que por sinal é paga de "conceitual" usando palavras difíceis mas acaba se queimando no refrão.

Postar um comentário