quinta-feira, 23 de julho de 2009

Coldplay e sua tentativa de Web-hit


A primeira vista, não se pode evitar a comparação do novo clipe do Coldplay, Strawberry Swing, com o já web-hit Her Morning Elegance (pode ser assistido clicando aqui!). Mas é claro que o grupo de Chris Martin, amparado por investimentos astronômicos, fez muito mais que um vídeo de stopmotion* animado com o ator na horizontal. O clipe é um espetáculo visual. A direção fica por conta do grupo de artistas londrinos Shynola. Além do Coldplay já tiveram o privilégio de trabalhar com o grupo artístico: Blur, Radiohead e Junior Senior, para citar alguns nomes. Em todos os casos, o trabalho do Shynola dispensa qualquer conceituação escrita. Em
Strawberry Swing, as ilustrações com texturas de giz no chão escuro são fantásticas assim como a interação das mesmas com o ator. Reparem no detalhe do sombreado como é bem trabalhado a partir das luzes bem direcionadas ao chão. Para encerrar, a apoteótica cena com borboletas coloridas e o único momento em que não há stopmotion; quebra de expectativa com o que parece ser uma descontração com o sensacional resultado obtido. Strawberry Swing está no multiplatinado disco Viva la Vida or Death and All His Friends lançado ano passado e que firmou o Coldplay como uma das bandas mais influentes do mundo.

*O t
ipo de stopmotion utilizado foi o Pixelation. Por se tratar de uma efeito com pessoas reais em cena.



7 comentários:

bequitam disse...

que_clipe_LINDO.
Strawberry swing não é das minhas músicas favoritas do Viva la Vida, mas o conjunto da obra ficou maravilhoso.
Stopmotion sempre me fascina, imaginei o trabalho que tiveram em ficar desenhando cada cena, os desenhos tridimensionais foi um dos mais legais também.

Thiago Muniz. disse...

simplesmente fantástico!

de tão perfeito que é o desenho, a sensação de pós-produção é inegável.

E por incrível que pareça, acho a luz do final MUITO mais bonita que a luz trabalhada no clipe inteiro. As sombras menos duras, os tons mais vivos favoreceram o desenho de uma maneira incrível.


Mas só pra não deixar de ser chato, preciso fazer uma pequena correção - não me leve a mal!

A técnica utilizada no vídeo não é stopmotion, mas sim Pixelation. Apesar de terem resultados muito semelhantes, têm uma diferença fundamental: só usamos o termo Stopmotion para animações feitas a partir de quadros fotográficos com objetos em cena. Seja boneco articulado, vaso de flor ou qualquer outro objeto inanimado.

Quando tratamos de animação a partir de quadros fotográficos com figura humana como personagem principal, o termo correto é Pixelation.

Chatisse básica, só que eu adoro o blog!

abraaaaaaaaaço.

Jader Maia disse...

Bequitam! Eu não sei se você é como eu, mas eu sempre mudo minha opinião quando veja uma música mais ou menos com um clipe foda. Sou completamente influenciado pela imagem. kkkkkkkkkkk Para falar a verdade, também não gostei muito da música.

E Thiago, valeu pela correção. Mas deixo claro que o Pixelation nada mais é do que um tipo de Stopmotion. Não são duas coisas separadas mas sim, uma dentro da outra. Mas de qualquer forma, valeu. Vou acrescentar o termo na resenha do clipe!

paulinha disse...

O clipe é lindo! mas tudo que me veio na cabeça foram nossas horas de trabalho para nossa singela stopmotion: coitado de quem eve que desenhar isso!!! hehehe

paulinha disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jader Maia disse...

Com certeza não foi uma das tarefas mais fáceis rabiscar tudo no "quadro negro gigante" e ficar tão perfeitinho cada movimento.

André disse...

Como já disseram aqui, me fascina o visual, a imagem... Tanto que eu não curto Coldplay, sinceramente e correndo o risco de ofender alguém, acho uma banda chata, mas enfim...
O lance é o clip, que é simplesmente perfeito! Apenas uma ressalva: O final. Tipo, o final quebra com o encanto prporcionado pelo o clip inteiro, acho que não precisava deixar tão explicito que o cara estava no chão...
Mas perfeito mesmo assim.

Postar um comentário