quinta-feira, 1 de julho de 2010

Um tapinha não dói

maroon5misery
Maroon 5, Misery
Hands All Over (2010)
Diretor: Joseph Kahn


Pra quem estava com saudade da voz masculina mais aguda do mundo musical, Adam Levine e seu Maroon 5 estão de volta com muita pancadaria em Misery. Os leitores do Pixelóide sabem como o Joseph Kahn, diretor do clipe, tem seu estilo de trabalhar: locações urbanas, luz bem definida - quase que publicitária - e uma idéia criativa como mote central. Foi assim também com All The Lovers de Kylie Minogue, para citar um exemplo. A diferença é que em nenhum outro clipe rolou tanta porrada! Amparado por uma super estrutura, Levine leva socos, é arremessado, atropelado e quase explodido por uma incrível loira que alterna momentos de fúria com carícias mais quentes com o vocalista. Tudo possível graças a equipamentos que tornaram todos os movimentos bem maiores do que realmente são e da utilização de dublês, claro, só para as cenas violentas.


Obrigado @evandroo e Data Clipe pelo link do vídeo!

nota 6

3 comentários:

Beca disse...

Já que eu não gosto muito de Maroon 5, me contentei com a belezinha que é o Adam Levine. heheh

oconrado.bh@terra.com.br disse...

ESSE VOCALISTA E' BEM ENGRAÇADO, PARECE QUE ELE SEMPRE PEDE PRO DIRETOR ARRUMAR UMA MODELO QUE O BEIJE DO INICIO AO FIM DOS CLIPES.
DIVERTIDO!

oconrado.bh@terra.com.br disse...
Este comentário foi removido pelo autor.

Postar um comentário