domingo, 9 de agosto de 2009

Michael Jackson paraguaio? Não, Filipino.


Regravar um hit de Michael Jackson e lançá-lo como single após pouco mais de um mês de sua morte pode não ser uma estratégia muito inteligente. Mesmo assim o cantor meio filipino, meio americano Billy Crawford, apresenta o que seria sua interpretação ideal e moderna para Human Nature. Com vocais praticamente idênticos á versão original, as diferenças se limitam a poucas novas batidas no arranjo da música. O clipe, por sua vez, é uma mistura de Akon com Ne-Yo. Fundos neutros, paineis de led e mulheres em
slow. Apesar disso, Human Nature tem boa movimentação de câmera com utilização de travelling em algumas sequências e a iluminação silhuetada cai bem. O que interfere no ritmo do vídeo é o excesso de cenas em slowmotion que o deixa um pouco cansativo. A música faz parte do projeto do cantor intitulado Groove com regravações de clássicos dos anos 70/80. Entre as escolhidas, outra de Michael Jackson, Rock With You e regravações de James Taylor e Marvin Gaye. Além de cantor, Billy Crawford também arrisca uns passinhos de dança, mas como nos demais quase quatro minutos de seu vídeo, fica devendo.


6 comentários:

Beca disse...

bem fraco.. boa sorte pra ele.

Ton disse...

Tb achei pouco inteligente regravar música de alguém que acabou de morrer.
Porém a lógica do mercado é cada vez mais atropelante.
Então me sinto na liberdade de colocar aqui uma piadinha...

"Michael após morrer bate na porta do céu. São Pedro abre e diz:

- Pois não?
- sou eu pedro, deixa eu entrar. (fala o pobrezinho.)
- Não.
- Mas pq? (pergunta Michael aflito e tenta em vão abrir passagem lançando um moonwalk na frente da porta do céu.)

S. pedro então responde:
- Vc não pode entrar pq eu estava esperando um negrinho!!



acriatura.wordpress.com

Jader Maia disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Obrigado Ton, pela visita e pela piada (?).

conrado almada disse...

desnecessária essa regravação ein...

conrado almada disse...

desnecessária essa regravação ein...

Luísa disse...

fooorçou legaal heiin (y) MJ é único e incomparável.

Postar um comentário