sábado, 22 de agosto de 2009

Indicados VMA - Parte III

Topo

Bem, chegamos a nossa última parte do especial VMA aqui no Pixelóide. Hoje eu e meus colaboradores (Rebeca e Adriano) vamos comentar sobre as categorias Clipe Revelação, Clipe do Ano, Clipe Inovador e Clipe Injustiçado (apelido que criamos para a os clipes que deveriam ganhar o Astronauta mas que não foram premiados). Vale lembrar que o VMA 2009 acontece no dia 13 de Setembro ao vivo de NY.

Vamos aos últimos indicados!

Revelação


Adriano: Vence Lady GaGa com Poker Face, claro, por oferecer a maior contribuição à música (ou ao pop) dentre os indicados da categoria. Já imagino quantas vezes ela subirá ao palco para agradecer os múltiplos prêmios que vai receber. Ela é uma artista muito profissional, inovadora não na roupa e sim na forma do seu pop bem feito e com letras bastante interessantes.

Rebeca: Lady GaGa, dentre os indicados é o óbvio. 3OH!3 (como pronuncia?) é um clipe meio cômico e com um pouco de sarcasmo, a música é chiclete e não sei se tem futuro. Asher Roth, como eu disse no outro post, é esdrúxulo. Drake é outro 'broda' egocêntrico, clipe com dinheiro, mulheres e sem sentido com música ruim. Kid Cudi tem um clipe legalzinho até, mas a música também não é grande coisa.

Pixelóide: De todas essas categorias, essa é a mais fácil. Lady Gaga vai ganhar não pelo clipe em específico, mas pelo grande destaque que conseguiu nos últimos 12 meses. Apesar de gostar muito das músicas e clipes do Kid Cudi e do
3OH!3 e de Poker Face não ser o melhor vídeo de Gaga, o astronauta já está reservado para a cantora.

ClipeInovador

Indicados:
Anjulie, Boom | Bat For Lashes, Daniel | Chairlift, Evident Utensil | Cold War Kids, I've Seen Enough | Death Cab for Cutie, Grapevine Fires | Gnarls Barkley, Who's Gonna Save My Soul | Major Lazer, Hold The Line | Matt And Kim, Lessons Learned | Passion Pit, The Reeling | Yeah Yeah Yeahs, Heads Will Roll

Adriano: Dos indicados o que mais tem ganho destaque na televisão e na própria MTV é o Heads Will Roll dos Yeah Yeah Yeahs e minha aposta fica com eles. Lessons Learned tem causado um furor por causa dos dois artistas se despirem em plena Times Square mas acho que a maioria das pessoas pára de assistir ao video antes do final, é muita vergonha alheia. Adorei Hold the Line do Major Lazer e todo o jeitão de desenho animado do começo dos anos 90, vale a pena conferir.

Rebeca: Clipe feito de recortes de fotografia e um pouco de stopmotion pelo Passion Pit, simples e trabalhoso merece o prêmio. Chairlift é um grande candidato, por um primeiro momento pensei que tinha dado problema YouTube, depois no monitor e até na minha vista, mas o clipe é assim mesmo bizarro e colorido e a música não tem sentido ALGUM. Anjulie com uma beleza exótica usou três técnicas diferentes (Jader, você que é o especialista) não me surpreendeu com o clipe. Colocaram o YYYs nessa categoria porque eles voltaram de uma longa pausa e no meio de bandas um pouco menos conhecidas (nem todas), Karen O é inovadora no estilo, quanto ao clipe não é tanto assim. Ah, esse clipe do Matt and Kim é interessante, não sei se devo dizer inovador, ficar pelado na Times Square não é pouca coisa.

Pixelóide: Nessa categoria, fico em dúvida. São todos excelentes vídeos. Mas de todos o que criou uma nova tendência já copiada por alguns artistas mais pop foi o Evident Utensil do Chairlift. A edição e os efeitos são únicos! Mas acho que o Gnarls Barkley também possuem chances por terem sido indicados em outras categorias além dessa.

Clipe Injustiçado

Indicados:
Beastie Boys, Sabotage | Björk, Human Behaviour | David Lee Roth, California Girls | Dr. Dre, Nuthin' But A 'G' Thang | Foo Fighters, Everlong | George Michael, Freedom | OK Go, Here It Goes Again | Radiohead, Karma Police | Tom Petty and The Heartbreakers, Into the Great Wide Open | U2, Where The Streets Have No Name

Adriano: Os clipes da Björk são sensacionais mas se eu tivesse que escolher, o que deveria ter recebido um astronauta é Karma Police do Radiohead. Quem não assistiu a esse clipe ainda, precisa fazê-lo. Não é nem inovador, nem tão diferente mas tem uma aura, uma conexão com a música que faz com que você queira que o clipe continue passando pra sempre. Freedom de George Michael é um marco, porém, eu escolheria o Radiohead por ser uma banda que continua em evidência. Quem ganha mesmo, por ser uma categoria votada pelo público, é o OK Go com Here it Goes Again. O clipe continua fresco na cabeça de muita gente.

Rebeca: Essa categoria é muito difícil e devia chamar "A volta dos que não foram", são clipes de artistas diversos cada um com sua peculiaridade, vou apostar na Björk é incrível, clipes insanos, música boa e voz inconfundível essa música é antiga do início dos anos 90 e adoro! Nota-se que ela já queria impressionar através dos clipes que ela não era uma qualquer do Sugarcubes. Beastie Boys é difícil de descrever, Sabotage é antigo, é legal. Gente, esse clipe do David Lee Roth é de quando? Achei muito engraçado! Não muito diferente, o clipe do Dr. Dre também é antigo e percebe-se que os clipes relacionados a esse tipo de música não mudaram tanto. Fiquei pasma com o Snoop Dogg super jovem! Adoro esse clipe do Foo Fighters, eles sempre fazem questão de participar dos clipes e não são ruins, gosto da maioria e Everlong é uma das minhas músicas favoritas deles. Ai, eu adoro George Michael (sim) e esse clipe cheio de supermodelos deixa o clipe super glam (pra época). Radiohead é aquela banda que você gosta ou não gosta, os clipes eles são bastante estranhos, densos e aquela melancolia que só o Radiohead tem. Gosto muito de Karma Police mas não sei se merece o prêmio. OkGo foi o pioneiro em fazer clipes "caseiros" logo no início da vida do YouTube, a coreografia sincronizada, um só take e fazer tudo sem errar (e não cair) é um dos clipes mais legais que já assisti. Into the Great Wide Open é quase um curta metragem, a letra descreve a história do Eddie e o que ele se tornou, é bacana também. O U2 quis brincar de Beatles fazendo um show em cima de um estabelecimento para a gravação do clipe de Where the Streets Have No Name, clipe simples e legal e quando o U2 começou a decolar com o (maravilhoso) álbum The Joshua Tree.

Pixelóide: Categoria cruel. Acho a MTV tenta fazer seus pedidos de desculpas formais aos clipes geniais listados e que por algum motivo não foram premiados em suas respectivas épocas. Fato é que com o passar dos anos, esses clipes se tornaram atemporais. E por isso, a MTV cometerá um novo erro monstruoso em colocar obrigatoriedade na escolha de um desses clipes. Na verdade, todos deveriam ganhar. Ignorando tudo isso, fico com dois em especial. Karma Police do Radiohead e Human Behavior da Björk.

Clipe do Ano

Adriano: A disputa fica mesmo entre as três divas, Beyoncé, Britney e Lady GaGa. Quem ganhar a maioria das categorias também leva esta. Clipe por clipe, Beyoncé e Britney merecem mais pois Poker Face foi indicado mais pela popularidade da Lady GaGa do que pelo eficácia do vídeo. Vou apostar em Beyoncé com Single Ladies (Put A Ring On It) mas sem ter idéia do que acontecerá na premiação. Womanizer é ótimo mas Britney já faturou muitos astronautas no ano passado.

Rebeca: Fico na dúvida entre Lady GaGa e Britney Spears de novo, vou de Lady GaGa pela repercussão do sucesso, acredito que o Astronauta é dela. Sem desmerecer, é claro, a volta da Britney Spears e também do Eminem, que continua com suas músicas com conteúdo crítico e às vezes ofensivo. Beyonce é estrela também, mas esse ano é o da Lady. E um king without a crown pro Kayne o não-novo e não-rei do pop.

Pixelóide: Dúvida entre Beyoncé e Lady Gaga. A primeira é sim dona do clipe que mais repercutiu nos últimos tempos e a outra, tem o conjunto da obra mais polêmico e comentado. A primeira tem uma legião de fãs inquestionável. A outra, muitos fãs, mas ainda sem comprovação de sua grandeza. A primeira já é dona de vários astronautas por clipes muito menos geniais que Single Ladies, a outra é ainda sem prêmios na estante, mostrou sua cara em diversos ótimos clipes. Briga entre a veterana de uma só arma com vasto exército contra a novata, bem armada, e soldados ainda não testados. Visto o cenário, fico com Beyoncé e Single Ladies.

Então é isso, pessoal! Esses são os indicados para o VMA 2009. Caso queria ver a parte I e a parte II com a lista completa é só clicar aqui.

Não se esqueçam, no dia 13 de Setembro, Adriano, Rebeca e eu estaremos aqui fazendo liveblogging ao vivo do VMA. Contamos com a participação de todos.

Até lá.

Gostaria de aproveitar a oportunidade e agradecer Adriano e Rebeca pela colaboração, paciência e dedicação! Tudo ficou muito mais legal com a ajuda de vocês!

3 comentários:

Beca disse...

nossa escrevi demais nessa última parte. Muito interessante as apostas de vocês dois, não divergimos tanto de novo. hahaha

Obrigada Jader por me convidar! Fiquei feliz e aprendi coisas novas. :D

Agora é esperar, ver e comentar ao vivo o VMA!! Não percam!!!

onewaymonologue disse...

heey. então, acho a categoria revelação uma coisa meio difícil. Sei lá, nenhum dos famosos de hoje já ganhou, de Britney a Beyoncé, passando sei lá, por aMy, Lily Allen... Ano passado mesmo que a aposta era a Katy Perry, que estava no auge com o I kissed a boy não ganhou, e é sempre pra banda mais obscura. Anyway. Sobre clipe inovador eu gosto bem de vários. Clipe do ano acho que no fim das contas vai pra Beyoncé. Britney não deve levar essa depois do ano passado, e ela nem entrou tão em evidência quanto Beyoncé e Lady GaGa.

Mr. Fred disse...

torço muito para q a Britney leve o prêmio pra casa, pois sou muito fã dela, mas acho q td mundo tem sua vez, como foi com ela q até ano passado nunca tinha ganhado um astronauta. Acho q agora é a vez de Beyoncé. Lady GaGa, ainda é muito cedo pra ela. Mas torço muito para q leve o prêmio revelação. =]

Postar um comentário