terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

T.I. Feat. Justin Timberlake, Dead And Gone


Com um versículo da bíblia ("
Quando eu era menino, falava como menino, sentia como menino, pensava como menino; quando cheguei a ser homem, desisti das coisas próprias de menino", alguém entendeu?) e uma edição "frameada", TI apresenta ao grande público o vídeo de sua parceria com Justin Timberlake, Dead And Gone. A direção é de Chris Robinson que atua tanto no mercado publicitário quanto em clipes de grandes nomes da música negra americana como Beyoncé, Alicia Keys, Usher e Diddy. A música é o terceiro single do mais recente disco do cantor e ator, Paper Trail. Nele, também está contido o dueto com a cantora Rihanna que também ganhou versão em imagem. O roteiro faz um apanhado da vida clichê de qualquer rapper que se preze: violência, drogas, prisão e o rap, claro. Intercaladas, surgem cenas em um belo acampado onde TI e Timberlake perfomam a música. A locação é muito bacana, principalmente, o cruzamento das quatro vias sem pavimentação que enriquece a fotografia e deixa mais claro a importância da escolha dos caminhos a serem tomados por cada um. Há nitidamente cenas de grandes gruas que dão uma visão geral da bela paisagem e do céu escuro que se torna um ótimo componente visual. Ao final do clipe, imagens preto e branco de penitenciárias e cemitérios se fundem em meio aos dizeres "Good", "Evil" e "Redemption". A partir dai, o trabalho de Robinson fica mais do que óbivo e encerra-se com TI adentrado em um presídio. Referência clara aos recentes problemas com a justiça do cantor em seu país onde chegou a ser preso. Justin, o bom moço, fica do lado de fora enquanto seu piano arde em chamas.




3 comentários:

Marcelo disse...

Clipe bacaninha e sem lero, lero. Nada que o faça brilhante, mas um piano no meio do nada ainda é muito legal. A orientação quando eles falam sobre olhar para o leste e o oeste que me incomoda. A rosa dos ventos parece desmentir o que eles olham, e apesar da licensa poética ainda é incomodo olhar pro norte apontando pro céu. Uma pena queimarem um piano tão bonito.
Parabéns pelo blog, tá muito bacana!

gabi.terra disse...

As imagens são mto bonitas e as locações idem... Esses clichês do "mundo do Rap" q dão preguiça!
Mas vale a pena pra ver a cara d malzão do Justin! hahah

Rafael Tenório disse...

Muito bom o clipe. Apesar do fato de que um clipe de black não deveria ter como base um versiculo biblico.

Postar um comentário